Categories
Planeta Sustentável

Você é influente?


Assim que a febre das redes sociais chegou, muito se falou sobre a preocupação com as informações que se colocam nessas páginas, principalmente para garantir um mínimo de segurança e privacidade. Os dados que estão ali são usados até por empresas para decidir se contratam, promovem ou demitem seus funcionários. Mas isso é notícia velha. Agora, a grande novidade é que as empresas não mais avaliam as suas informações, mas a sua influência dentro de sua rede de conhecidos.

Diversos sites analisam o que se publica nestas redes e medem o impacto que esses dados possuem entre os amigos de um perfil, gerando uma nota de impacto. Um deles é o Klout. Nele, você faz o login com a conta do seu Facebook e/ou Twitter e obtém uma nota de influência, além da lista de pessoas que você mais influencia e quem possue mais impacto sobre você. Há também gráficos e outras informações sobre o que você anda publicando para a sua rede.

De acordo com um artigo do jornal norte-americano The New York Times, as empresas estão usando estes dados para decidir se promovem ou dão prêmios a seus funcionários baseado no grau de influência que possuem em suas redes. Até a montadora de carros alemã Audi já avisou que irá fazer promoções aos usuários do Facebook usando o dado de influência.

Outra página que trabalha com o mesmo princípio é o PeerIndex, que também faz a mesma avaliação, mas usando parâmetros diferentes. Enquanto na primeira a média de influência é 40 – sendo 100 a pontuação máxima -, nesta última marcar 19 já é suficiente para acreditar ser um especialista em um determinado assunto.

Obviamente, essas avaliações baseadas em dados apenas online nada dizem a respeito sobre alguém. O artigo até cita um efeito interessante, que é o “problema Clay Shirky”. Shirky é o escritor e pesquisador que publicou o livro “Here Comes Everybody”, um best-seller sobre como funciona a cultura de rede e as colaborações em plataformas online. Ele, embora seja muito conhecido por usuários intensos de internet e influencie muitos deles, mal usa o twitter ou o Facebook, o que faz com que seu índice nesses sites sejam baixíssimos. Será que ele não é influente o bastante?

Essas avaliações pecam em apenas considerar a presença online e em apenas determinadas redes. Você, por exemplo, se for bastante influente no Orkut e pouco no Facebook, terá uma avaliação baixa. Além disso, é preciso entender que esse tipo de ferramenta é apenas uma brincadeira, uma suposição. Não se pode ter decisões importantes (como envolver a vida profissional de alguém) baseado apenas nestas informações.

Parece que a febre do momento, depois da colaboração na rede, é a influência. Prepare-se e não se deixe levar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *