Categories
micrônicas

Incompreensão

“O que houve?”. Não sei. “O que você tem?”. Não sei. “Está mal-humorado?”. Dá para parar de perguntar? Não sei o que tenho. Só sei que está aqui. Essa vontade de chorar pela pele. De me esconder com todos que amo. De tirar da vida aqueles não tão afáveis. Não me pergunte. Apenas consinta. Concorde. E me ame. Eu mereço. Nem que seja por duas horas. Me ame com vontade. E saia. Me deixe. Eu quero chorar pela pele sozinho.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *