Categories
micrônicas

Vermes

Eu tenho problemas com desapego. Quem inventou esse conceito não deve gostar muito de si. Sou apegado até ao meu primeiro casaco. Era vermelho, com forro de algodão. Eu era pequeno, mas era meu. E eu o usava todos os dias, estivesse calor ou frio. Um dia acordei e meu casaco não estava mais lá. Tinha ido para o lixo. Chorei. Minha mãe não devolveu. Fiquei anos sem ter um casaco. Nenhum eu gostava. Até que na adolescência achei outro. Era verde-musgo. Usava-o todos os dias, estivesse frio ou calor. “É sua segunda pele”, diziam. Era mesmo. E ela era verde. E andava sozinho. Foi na mesma época que escutei “Shaine Répi Pipô”. Gravei uma k7 frente e verso só com essa música. Escutava em loop (anos mais tarde, disseram que eu inventei o repeat track na fita k7). Ninguém mais aguentava, mas eu ainda deixava a fita rodar. Só grande descobri algo que chamam de vermes cerebrais. Ele fazem com que as coisas fiquem em eterno loop em sua cabeça. Eu acho que eu tenho vermes. Cerebrais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *